segunda-feira, 28 de julho de 2014

Fim da Maratona Literária

Acabou a Maratona Literária. E gente, eu sou o fracasso desse desafio! Hahahahahaha

Negócio é: não sei se o problema é a Maratona em si ou o desafio que eu me propus, mas percebi que o jeito como tava não funciona pra mim. Ok, talvez o problema tenha sido o desafio especificamente.

O negócio é: eu não funciono com esse negócio de ler porque preciso ler (eu já sabia, mas acho que tinha esquecido e precisei da Maratona pra me lembrar). Não consigo ler um livro/conto/qualquer coisa porque preciso, porque tenho uma meta a ser alcançada, porque foi pré-estabelecido. Nem na faculdade de Letras eu fazia isso – eu confesso, eu lia resumo dos contos no Sparknotes 99% das vezes, simplesmente porque não conseguia ler as coisas para o prazo determinado. Muita coisa que era pra eu ter lido durante a faculdade eu acabei lendo depois, quando ia ser por prazer, porque EU QUIS E FIM.

(Oi, muito prazer, sagitariana com aquário, vocês não mandam em mim! :P)

O que aconteceu nesse sentido na Maratona foi ter decidido quais livros ler com antecedência. E aí eu acabava uma história e a vontade era ler uma próxima que fosse no estilo X, mas já estava pré-determinado que eu leria o estilo Y. E olha que a minha meta pra semana de Maratona era bem pequena, hein, 2 livros e meio!

E aí foi assim: acabei de ler o Anansi Boys (só metade dele foi pra Maratona, porque eu já tinha começado a leitura antes) e queria ler alguma coisa mais de fantasia. Mas o próximo da lista era uma Space Opera. Ok, li, gosto do gênero e usei isso como incentivo. Aí acabei de ler no clima de ficção científica, e o próximo da lista ia ser uma graphic novel com personagens da Marvel vivendo no período elisabetano.

Gente, eu não li esse último. Por pura preguiça. :S

Também acabei não participando dos desafios propostos nos blogs da Maratona, mas aí já era mais uma questão de eu estar na primeira semana de aula pós-férias, pegando repertório novo, resolvendo pepinos na secretaria com relação à matrícula errada (vocês que reclamam do acerto na UFMG não sabem o que é o sistema da UEMG. Hahahaha), começando aula de redação com um aluno novo e por aí vai. Enfim, uma semana cheia (não tão sem tempo, mas cheia de informação demais pra eu poder processar tudo hahah).

Conclusão do jogo: foi uma boa experiência. Primeira vez que participo de uma Maratona Literária, e deu pra ver como eu funciono nessa situação. Talvez na próxima eu pense num desafio melhor: já que eu prefiro ser espontânea pra escolher minhas leituras, quem sabe da próxima eu não escolho ler um livro só, daqueles bem grandes. To devendo terminar Os Miseráveis tem um bom tempo. hahahahaha

Nenhum comentário:

Postar um comentário