domingo, 20 de julho de 2014

Maratona Literária


Não, ainda não acabei a leitura atual. Esse post não é sobre ela.

Esse post é sobre a Maratona Literária!

Nunca participei disso antes. Na verdade, acabei de descobrir a existência desse desafio (foi pelo twitter da Karen Alvares). Mas achei que poderia ser divertido, além de ter ficado interessada em tentar algo que eu nunca fiz: desafiar a mim mesma.

Eu confesso, não gosto de desafios. Nunca fui fã de competições. Sempre que alguém me desafiava, eu entregava os pontos e falava "ok, você venceu, pode ficar feliz agora", meio que sem paciência. Nem é por idealismo, é por preguiça de disputas mesmo.

Mas desafiar a mim mesma é outra coisa. Não é uma disputa de egos, pra ver quem é melhor. É uma maneira de superar barreiras, de sair da zona de conforto, de ir além. Antes que eu possa dizer "ah, não vou dar conta", vou me propor o desafio e bora cumprir, sem chororô! hahahaha

Demorei bastante pra resolver fazer a inscrição na Maratona Literária por um motivo até bem bobo: não conseguia pensar no que propor como "auto-desafio". É, a ideia é essa mesma: você se propõe uma meta, eles só dão o prazo (e uns desafios extras ao longo desse prazo, só pra rolar alguma interação entre os participantes e tal).

Isso é legal porque torna o desafio adaptável - ninguém tem a mesma rotina e o mesmo tempo livre, né? Se você está de férias, dá pra se propor ler um milhão de coisas. Se você trabalha o dia inteiro, pode se propor ler umas 50 páginas (sei lá) além do que costuma conseguir com o tempo que tem. E foi por isso que curti a ideia.

Na conversa via twitter com a Karen Alvares, não só ela ficou tentando me convencer a participar, como me convenceu a ler mais um livro dela (hahahaha :D). E foi a partir da conversa que tive a ideia do meu desafio: plataformas diferentes. Então lá vai:

Essa semana eu volto às aulas na UEMG e aos ensaios do coral, o que vai me tomar bastante do tempo. Ou seja, não posso me propor nada pesado. Por isso, quis pensar em algo diferente: vou ler obras em plataformas diferentes. Ebook, graphic novel e romance "tradicional". Ao todo, vão dar 2 "livros" e meio:

- ANANSI BOYS, o tal "romance tradicional". Ele seria o meio livro, já que eu já comecei a leitura antes de saber do desafio, e não quero interromper (é muito bom!)
- SPACE OPERA - UM NOVO COMEÇO, o tal livro que a Karen Alvares me convenceu a baixar :P (a autoria é dela e da Melissa Sá). Ele seria o ebook (aproveitando pra estrear o app do Kindle no meu celular)
- 1602, graphic novel da Marvel, escrita por Neil Gaiman. É releitura, mas tem muito tempo que li e queria relembrar.

E é isso! A Maratona Literária está em vários blogs por aí, mas o link que eu peguei e usei pra me inscrever foi esse (clica no link que tem explicação pro que acontece)!!!

Um comentário:

  1. Tô rindo muito aqui, como eu sou pentelha! hahahahahahaha
    Mas no final, até que tô boa em convencer as pessoas!
    Achei o máximo que você participou da Maratona, Mari. É um auto-desafio muito bacana. E, claro, fiquei felizona que você leu Um Novo Começo. :) Obrigada por adquirir, ler e comentar por aqui. Você é demais, lindona!
    Espero que tenha se divertido fazendo a Maratona!
    Beijos!

    ResponderExcluir